Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Verdades da Patrícia

As Verdades da Patrícia

O agrupamento e os vilões

Foi uma semana difícil. Escolas recomeçam, entregamos os nossos filhos nas mãos de umas perfeitas desconhecidas.

E eu penso que elas são umas bruxas que fecham o castelo e soltam os fantasmas mal os pais viram costas.

Sou assim, muito melodramática, mas também fruto dos meus filhos terem ambos, a dada altura, frequentado o Agrupamento de escolas vertical de Valadares. Um ainda lá está mas na primária. Que é mesmo assim complicado, é. Mas que o pior é quando ficam no 5º ano mais próximos da corja.

Vertical porquê??? Fazem-no de pé é isso?

Vou-vos apresentar o organograma:

  1. O director DisneyVillains Mordu.pngDisneyVillains Facilier.pngDisneyVillains Ursula.png
  2. O Lobão que é chefe de alguma coisa que não sei bem 
  3. A adjunta

E podia estar aqui a dar o panorama total mas fixem estas caras e fujam destes 3.

 

 

Uma manhã na baixa......

Hoje andei de comboio, já não andava há uns meses largos. Por acaso antes de sair de casa reparei num post de uma amiga minha que tinha também utilizado um transporte público e que ouviu uma senhora a lamentar-se que uma outra tinha sido operada ao «Pence». E porque não? Pence, apêndice, mudança de sexo....são tudo cirurgias minuciosas e preocupantes.

Por acaso no comboio não ouvi nenhuma história fantástica para contar a não ser as minhas próprias que contava em alta voz à minha amiga de infância, a Rosa.

Aposto que estava alguém no face a relatar as minhas inconfidências, ouvia-me e digitava as suas criticas ao meu ser.

Ainda bem que nada era novo, entre o meu ódio visceral aos funcionários do Agrupamento Vertical de Valadares que outrora ousaram meterem-se no caminho dos meus filhos e mais alguns factos da vida.

Também fiz uma breve referência ao assalto do qual fui vitima a 06 Março 2015, que isto foi traumático.

Mas aterrorizador foi chegar ao centro do Porto, onde vi e ouvi mendigos loucos a insultarem o governo e a mencionar , e passo a citar: « As putas que se metem na minha vida ». Fiquei aterrorizada e com medo.

Sempre a olhar por cima do ombro a ver quando era atacada, ora por um mendigo, ora por um socialista qualquer, chateado por eu ter escrito esta manhã no meu face que o RSI foi inventado por eles, num dia de chuva, para nos lixarem a todos.

Sim, porque os únicos que ganham com isso são os que já desistiram há muito de trabalhar.

Nas ruas do Porto a miséria está estampada no rosto daqueles que dormem nas montras, aqueles que vêem os capitalistas a entrarem numa dessas casas de roupa e a comprar um trapinho de 500/600€. E diz o mendigo: « Como ele consegue ver-me aqui a passar fome e frio e comprar um trapo tão caro?».

E diz o capitalista: « Que culpa tenho eu, trabalho e estou a comprar com o meu suor ». E ambos têm razão.

Porque a culpa não é de ninguém em especial, não fui eu quem lixou isto tudo. Mas se puder dar uma moeda para a sopa a um mendigo, que bem que sabe ajudar alguém.

Outra coisa que estou a ver muito no centro do PORTO: mulheres de tacões.

Ora um conselho que me encontro na obrigação de dar:

Minhas amigas andar de tacões só fica bem a quem sabe andar neles........

Filho és pai serás

A minha mãe faleceu eu tinha 22 anos, andava no terceiro ano da faculdade......O telemóvel já existia. Eu tinha um motorola. A minha mãe uma vez ligou-me e eu ia a conduzir e ia para a night. Mas eu tinha dito à minha mãe que ia tomar um café......Quando vi que era a minha mãe pedi à Cátia para a atender e falar com ela. Curioso...achei que seria algo banal e que 16 anos depois já estaria esquecido.

Não está. No outro dia tomei o melhor café do Verão 2016! Porque foi com um casal que a minha mãe adorava. Eles eram novatos na altura, o que a minha mãe se ria com eles. A Lu estava a dizer-me como era fisicamente na altura e eu respondi: Eu sei. Como sabe eu sou péssima para caras, mas nos episódios que envolvem a minha mãe, eu sei cada cor cada rosto que passaram por nós 2, quando juntas...Ainda brincávamos que eu era a mãe e ela a filha, como já contei neste Blogue.

Adorei, foi como se a minha mãe estivesse ali a sorrir para eles.

Mas isto porque agora liguei para o meu filho e ele não me atendeu o telemóvel. E eu ponho-me a pensar será que viu no ecran que era eu? Será que me ignorou?

Pois.... Filho és Pai serás.

Amor Maior

Geres 2007 Julho 009.JPG

 

O Tiago nasceu a 8 Novembro 2004. Parto difícil!! 3 dias internada....ao meio dia desse dia disse-me o enfermeiro despreocupado e a olhar para o relógio que isto de ser funcionário publico é muito sério, já estou a ver cabelo. Nada fez. 

Geres 2007 Julho 010.JPG

 

O cabelo já estava a sair ....parto do principio que até para um funcionário publico será fácil de perceber que onde há cabelo, há cabeça, e onde há cabeça há tronco e onde há tronco há membros. Mas ele não. E ás 19.30 sozinha, apesar de rodeada de gente, tive o meu filho.

Geres 2007 Julho 020.JPG

Geres 2007 Julho 024.JPG

Geres 2007 Julho 060.JPG

Geres 2007 Julho 079.JPG

 

Ele cresceu. E passou a pedir à mãe para não dar beijos em publico. 

Geres 2007 Julho 084.JPG

IMG052.jpg

unnamed.jpg

 Mas ontem, seu primeiro dia na escola secundária, ele deu-me a mão. E não disse nada. Também não precisava. Deu-me a mão porque ele sabe que eu estou sempre lá. E que em mim pode apoiar-se sempre.

E eu vou estar lá sempre. Contra a maré e contornar os cabos das tormentas da vida. Ele deu-me a mão. E não disse nada. Até que eu a larguei. Larguei porque tinha de largar ele tinha de entrar no auditório. Mas larguei e fiquei. E ele sabe que eu fiquei e que vou ficar sempre. Ele deu-me a mão. Porque o mundo é mais fácil de enfrentar quando temos quem nos ama e a quem amamos ao nosso lado. 

Nine Eleven

Assim se diz em Inglês...o 9 de Setembro 2001 foi um horror. Estava na Madeira a passar uns dias, a ver se o meu coração, após 10 meses da morte da minha mãe, me permitia voltar ao Porto um pouco mais conformadinho.

Soubemos dos ataques , da dor, dos milhares de mortos....vimos na Tv pessoas a atirarem-se das janelas pois preferiam morrer na queda do que queimadas. Ouvimos chamadas dos que tiveram tempo de telefonar a despedirem-se dos que amavam.

Um horror.

Uns 9 meses antes, ou seja, 1 mês após a morte da minha mãe, aconteceu a tragédia de Entre Os Rios. Pode-se dizer que a vida mudou radicalmente para milhares em todo o mundo, no ano de 2001, eu fui uma delas.

As pessoas diziam-me a achar que isso ajudava:

Vês aquilo é que é sofrimento, famílias inteiras a morrer.....

Como se a tragédia alheia me tirasse alguma dor. 

Ainda hoje por todo o mundo, choramos as mortes provocadas pelos ataques terroristas. Mortes que continuam a acontecer, em nome de uma tal de religião, de política, de dinheiro.

Lamentável como o HOMEM não aprende nada. 

9/11 Para nunca esquecer........

Somos reféns do Medo somos reféns do Terrorismo.........

Mas acima de tudo assisto à desumanização constante dos que me rodeiam....acho que já usei esta frase no meu Blog: O toma lá dá cá, o interesseirismo, a avaliação continua do que podem ganhar contigo..........A pensar!

És feliz??????

Confesso que não me revejo nesta letra em tudo mas vivo em sociedade e sei analisar o que me rodeia e o que tenho a dizer sobre esta música...eu uma miúda de recursos humanos:

 

Sou da geração sem remuneração.A sério??? Estágios sim são um abuso mas começar assim não mata ninguém.
E nem me incomoda esta condição. A mim incomodaria trabalhar de graça. Mas não o fiz, não dava. Mas quem puder sim faça estágio, comece assim. E não há que incomodar.
Que parva que eu sou. Parva? Por ter tirado um curso que me satisfez, que me realizou?? Nada nada nada.

Porque isto está mau e vai continuar, Vai continuar mau enquanto as pessoas acharem que se licenciam para ficar ricos, trabalhar enriquece, ou não, mas o curso é algo mais que isso. 
Já é uma sorte eu poder estagiar.Para mim foi uma sorte tirar um curso. Saiu de mim....foi graças a mim. É algo meu. A sorte foi minha sim. E estágio repito para quem possa, porque não?
Que parva que eu sou.

[Refrão]
E fico a pensar:
Que mundo tão parvo,
Onde para ser escravo
É preciso estudar. Hummm pois porque se tirei um curso só vou trabalhar naquele curso. É esse o mal. Oh minha senhora pode também ajudar aqui a atender o telefone? Não, eu sou licenciada não sou telefonista.

Sou da geração "casinha dos pais".Quem me dera! 
Se já tenho tudo, p'ra quê querer mais?
Que parva que eu sou.

Filhos, maridos, estou sempre a adiar,
E ainda me falta o carro pagar.
Que parva que eu sou.

[Refrão]
E fico a pensar:
Que mundo tão parvo,
Onde para ser escravo
É preciso estudar.

Sou da geração "vou queixar-me p'ra quê?",
Há alguém bem pior do que eu na TV. Há quem viva pior sim.
Que parva que eu sou.

Sou da geração "eu já não posso mais!",
Que esta situação dura há tempo demais,
E parva eu não sou!

[Refrão]
E fico a pensar:
Que mundo tão parvo,
Onde para ser escravo
É preciso estudar.

Que mundo tão parvo,
Onde para ser escravo
É preciso estudar.

 

É sem duvida verdade que a minha geração, e tenho 38 anos, e licenciei-me em 2002 , foi prejudicada pela crise. As gerações depois de nós, foram e estão a ser esmagadas pela crise. 

Mas não será porque temos os valores invertidos?

Eu tirei um curso porque quero uma casa como piscina, ter 2 filhos, 1 cão, um quintal com vedação branca. Empregada! Cozinheira, motorista. Filhos nos colégios privados. E porque? Porque mereço, porque me licenciei para ser rica para ser tratada por senhora doutora. Porque contava com um salário de 5000€ / mês!

Não não para mim.

Ver pessoas normais como Susan Boyle, Paul Potts...que até nem são normais, até são um pouco estranhos, a perseguir sonhos, eh pah , isso é o que eu quero para mim. Podem não me chamar de Doutora, que se lixe. Eu gosto de ser, sei que sou, lembro-me de tudo, do traje ...a minha mãe babava a olhar para mim. E é isso que o curso me dá acima de tudo: Realização, orgulho, aprendizagem. Trabalhar na área é a cereja no topo do bolo. Mas eu como bolo sem cereja. Ah pois, quantas vezes...e lambuzo.....

Malta não somos nada burros por estagiar.....a pergunta é:

És feliz??????

Improvável

Número 1 da minha lista de improváveis: Notting Hill....o filme. Qual a probabilidade de uma actriz de renome vir à Europa, entrar numa livraria, o dono é um idiota chapado....suja a camisola, vai mudar a casa do idiota, dão uma......e depois há umas cenas de rir. Sim de rir!!!! Eu pelo menos menos achei aquela actriz que fazia de irmão do livreiro interpretado por Hugh Grant, o ex-libris daquele filme: ah acabaste com ela? Deixa lá naquela vez que a persegui até à casa de banho vi que ela tinha celulite....

E o fulano que vivia com o dito Livreiro??? Ei pahhhhhhh não há tempo para escrever o como eu me apaixonei pela sua interpretação fantástica e divertida.

Mas eu pergunto: qual a probabilidade de uma actriz de renome se casar com o idiota ali do lado, com a família mais estranha de todo o sempre???? BOLA.

Em segundo lugar a série Shameless. Que dizer??? Começou bem. Dava para rir...mas ver aquilo na 6ª temporada é a mesma coisa que desistir da vida. A vida daqueles miúdos não anda para a frente. O que fazem o dia todo SEXO. Roubam. Animalizam. E aquele pai? Ainda me ri as primeiras 3 temporadas depois cansei de rir e comecei a ver esporadicamente para fins educativos. Sim que podemos aprender com estas séries. Já dizia a minha mãe que «estes filmes ensinam a roubar» Ah pois e então com Shameless já aprendi o repertório todo de como ser o rufia TOP lá da rua e , se quiser, como dar uma em qualquer sitio com quem quer que me aparaça à frente ( mas não quero). Grandes actores, argumento pobre e muita pornografia ...e eu gosto malta. Mas isto há limites para todos, e ver o casal do café do lado num menage à trois com a Mãe dela para fazer uma inseminação ao natural ........Bem... Não sabia se rir ou se ligar para o FOXLIFE e pedir a bolinha vermelha. Eu não pedi, mas a verdade é que esta temporada ela está lá!!!

3º na minha lista: A Érica Fontes não ter sido condecorada!!! 22 jogadores chutam uma bola e são condecorados, uma miúda , e isso sim é de valor, joga sozinha com + de 22 bolas e nada......representa Portugal em feiras eróticas, e nada, ganha prémios da melhor na sua área e nada.....

4º Cristiano Ronaldo!! Improvável.....o miúdo com dentes tortos e borbulhas, com cabelo seco e espigado, com roupa pindérica.......passa uma rasteira à sina....ao fado.....ao que quiserem....ao que lhe reservava a vida se preferirem, e torna-se o melhor do mundo. E eu fico feliz ah pois fico. 

E improvável improvável é este meu país...onde impera a pobreza de espírito, o «interesseirismo», o mau carácter.....o «toma lá dá cá»...menos improvável é a minha reacção a estas pessoas: 

Dia Mundial da Barba

Após ter percebido que há mesmo pessoas preocupadas com a minha ausência nas redes sociais esta semana, decidi fazer este post em jeito de pedido de desculpa.

Sei que muita gente não acredita mas eu tenho um emprego!! Sim, até 2 ou 3. Sou mãe do Rodrigo e do Tiago, esposa do meu love.....quem não sabe quem é, não ficará agora a saber.....Amiga e cuidadora da minha Maria, dona de casa, lavadora de vidros, limpadora de pó, desinfectadora de casas de banho.......e uma trabalhadora que trabalha mesmo, um trabalho a sério.....que me obriga a cumprir objectivos, planos e até resultados.

E por isso andei ausente....posso dizer que trabalhei non stop a semana toda, apenas com um tempinho para dormir, sexo acho que houve mas nem me lembro quantas vezes....mas menos que o normal......Não arranjei as unhas, mal tenho tempo para me pentear, e nestas alturas, agradeço à minha mãe ter-me feito tão perfeitinha que consigo sair à rua sem make up quando não há tempo, e com o cabelo perfeito mesmo sujo e despenteado. 

Se gosto de andar assim na rua??? Não.....claro que não. Também gosto de passar a trincha com base na tromba!!!!!

Também gosto de lavar e por máscara neste cabelo!!!!!!!!!

Mas não há tempo.

Então hoje, sábado, cheguei a casa às 20h após ter acordado Às 7h para ir trabalhar....a um sábado repito!!!

Hoje tenho a sensação de serviço prestado mesmo sendo como qualquer português e não ganhe de jeito nenhum, o suficiente para isto!!!!!

E então hoje sentei-me com um bloqueio sobre qual o titulo ideal e não me ocorre nada.....E eis que me lembro de títulos tão perfeitos como « O amor é fodido» Ou de musicas perfeitas como « O que vamos fazer talvez Foder....» e penso porque não são originais meus??? O que tem o Abrunhosa ou o Esteves Cardoso que eu não tenho?? Eu respondo: TIMING já conquistaram o tempo antes do meu tempo.

E nessa duvida diz o jornalista da SIC « Hoje é o dia Mundial Da Barba» e eu TAUUUUUU um bom titulo para o meu post. Mas o que tenho eu a dizer sobre esse assunto???? ODEIO. Homem de barba no meu corpo não faz triatlo.....ou seja as 3 fases do sexo muito ao sabor dos jogos olímpicos. 

Mais que tenha para contar....Hoje encontrei uma amiga. E ela está visivelmente mais magra, com a pele fascinante...com um sorriso que conquista o mundo.......E eu, sabendo que o marido por motivos profissionais passa muito tempo fora, mas que em Agosto deve estar mais por cá, perguntei: Hum qual o motivo de tamanha beleza?

Esperando eu aquela resposta: Sexo+sexo+sexo+sexo e depois sexo outra vez.

E é isso que a minha amiga me responde?? Não. É esse o verdadeiro motivo?? Estou em crer que sim. Ela não me quer contar? Aposto que não! Mas eu sou perspicaz suficiente para perceber? Sim sou. Mas na boca dela, e eu juro, por esta luz que me alumia ... que ela me responde: São os batidos da herbalife!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D